Rede de Judiarias de Portugal

Manteigas

A vila de Manteigas, situada no coração da Serra da Estrela, desde sempre foi uma terra ligada à transumância e ao trabalho da lã. As suas ligações históricas ocorreram principalmente com centros localizados junto à montanha que possuíam comunidades judaicas ou cristãs-novas; Covilhã (a relação mais documentada), Gouveia (e Melo), Belmonte, Guarda e Seia.

Embora sem existência comprovada de judiaria medieval, o município preserva até aos dias de hoje locais geográficos que, como o do Poio do Judeu são memória de uma certa presença.

Igualmente, vários processos da inquisição foram intentados, por judaísmo, contra naturais da vila. Curiosamente, os que já se encontram documentados referem-se ao período final do Tribunal do Santo Ofício (1ª metade do século XVIII).

Por outro lado, em investigação recente conduzida pela Câmara Municipal, comprovou-se a existência de 26 cruciformes inseridos em 14 edifícios bem como 32 portais chanfrados disseminados pelo núcleo histórico.

Manteigas - Marcas da Herança Criptojudaica

Integrada numa região de tradições multiculturais, como é a Beira Interior, Manteigas apresenta particularidades a vários níveis, distinguindo-se pelo seu património não apenas natural, mas por um conjunto de características culturais e por um património histórico por conhecer e divulgar. A presença judaica integra-se nessa valiosa herança patrimonial que Manteigas quer agora dar a conhecer e que até então havia passado despercebida e, ao mesmo tempo, despertar olhares e consciências para a necessidade da sua salvaguarda.

Além dos usos e costumes, o património judaico português exprime-se também nos testemunhos materiais. São exemplo disso um conjunto de marcas de simbologia religiosa que se encontram gravadas em alguns imóveis ocupados ou edificados por esta minoria. A par da prática e do esforço de transmissão da fé judaica no secretismo do núcleo familiar, havia necessidade de utilizar sinais exteriores que marcassem e lembrassem a adesão ao novo credo cristão.

Das marcas convencionalmente associadas às comunidades judaicas, criptojudaicas e de cristãos-novos, detetaram-se na área em estudo cruciformes, marcas nasmezuzot e gravações longitudinais. Considerou-se ainda um outro pormenor da arquitetura, os portais com chanfros, também associados a estas comunidades. Contabilizou-se, até ao momento, um total de quarenta e quatro imóveis onde se identificou pelo menos uma das tipologias de marcas.

 

CONTACTOS

Município de Manteigas

Rua 1.º de Maio

6260-101 Manteigas

Telf.: 275 980 000

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

voltar ao topo